Arquivo para chuva

Chuva de meteoros Perseidas 12/08/09

Posted in Áudio, FM, Ms with tags , , , , , on 14/08/2009 by Gustavo Maia


Perseidas 2005 (Foto: Manfred Bruenjes)

No último dia 12 tivemos o pico de uma das maiores chuvas anuais de meteoros, a Perseidas. Esta chuva possui radiante na constelação de Perseus e infelizmente pra nós no hemisfério Sul não é possível aproveitar todo o potencial dela devido à sempre pouca elevação da constelação na madrugada, mas ainda sim podemos avistar bons meteoros e também fazer boas escutas em FM por reflexão meteórica. Segundo a IMO, a taxa de avistamentos em algumas partes do hemisfério Norte superou os 200 meteoros por hora, o que resultou em fotos belíssimas e excelentes escutas em FM, principalmente na Europa onde a atividade de observação/escuta está anos luz de qualquer coisa por aqui. Existe uma ferramenta interessante para o auxílio da escuta de meteoros que é o Virgo Meteor Sky View, o aplicativo nesse site ajuda com posicionamento de antenas durante as chuvas e também fornece outras informações como taxa estimada, posição dos radiantes na abóbada celeste do obsevador, período e data do pico de cada chuva em ocorrência e mais algumas coisas, só é necessário informar o grid locator de onde você está e o resto é com ele. Eu não conseguí boas escutas nessa chuva, mas o número de pings escutados foi realmente bem superior ao que acontece normalmente. Fiz uma gravação de 1 hora de duração em 89,1 (frequência muito boa pra monitorar meteoros por aqui) e depois selecionei os melhores pings num compacto de quase 8 minutos, o trecho compreende aos pings recebidos das 4:40 às 5:40 hora de Brasília (7:40 – 8:40 UTC) do dia 12/08.

Abaixo segue a gravação:

Anúncios

Chuva de Meteoros Eta-Aquarídeos 06/05/09

Posted in Áudio, FM, Ms, TV with tags , , , , , , , , on 05/05/2009 by Gustavo Maia

Na madrugada de amanhã (06/05) ocorrerá o pico da chuva anual de meteoros Eta-Aquarídeos. A taxa prevista para meteoros visíveis em condições ideais de observação no hemisfério Sul é de 85 meteoros por hora e isso significa que no rádio a atividade deverá ser enorme, excedendo em muito esse número. A melhor forma de escutá-los é deixando seu rádio em canais vazios onde não exista emissoras locais ou semi-locais e preferencialmente nos mais baixos, como de 88,1 a até 91 ou 92 mhz, onde menos ionização é necessária para o sinal ser refletido. Outra maneira mais complexa porém mais eficaz, é sintonizar em um receptor de comunicações as portadoras de vídeo dos canais 2 a 6 de TV, os quais as frequências seguem abaixo:

2 – 55.250
3 – 61.250
4 – 67.250
5 – 77.250
6 – 83.250

O receptor uma vez sintonizado deve estar em modo CW, mas pode-se também utilizar USB ou LSB sendo necessário descer 1 khz para USB (Ex. 55.249) e subir 1 khz para LSB (Ex. 55.251) e da mesma forma o canal selecionado para escuta não pode estar ocupado na sua cidade ou região, pois isso torna inviável esse tipo de escuta. Deixo abaixo duas gravações: uma exemplificando como é receber os meteoros pela sintonia das portadoras de vídeo de TV em USB e outra é de um meteoro muito forte escutado na manhã de ontem 04/05 em 89,1 às 05:38 hora de Brasília (08:38UT).

Escuta de meteoros por sinal de TV 55.249 em USB. (gravado via globaltuners.com)

Meteoro 89,1 em 04/05 alternando entre duas emissoras.


Atualização: Na gravação do meteoro em FM 89,1 consegui identificar uma das emissoras refletidas, trata-se da Cidade FM de Caratinga/MG durante o programa “Acorda Cidade”. Essa mesma emissora foi captada por mim no dia 13/01/09 via propagação esporádica (Es). A distância é de 828 km.

Chuva de Meteoros Lirídeos

Posted in Áudio, FM, Ms with tags , , , , , on 22/04/2009 by Gustavo Maia

Nessa madrugada do dia 22/04 aconteceu o pico da chuva anual de meteoros “Lirídeos”. Os meteoros são outra forma de se escutar emissoras de FM à longa distância, ao cair eles produzem uma trilha de gás ionizado por volta de 60 a 100 km de altura que reflete sinais de rádio partindo de 25 a até mais de 500 Mhz, as fontes de sinal mais utilizadas para a prática de escuta de meteoros são os de TV e os de FM, devido a grande potencia nas emissões tendo-se assim uma maior facilidade em receber as reflexões. Geralmente os sinais captados duram menos de um segundo, mas algumas vezes podem alcançar vários segundos chegando até 1 minuto ou pouco mais se a intensidade da chuva for boa, possibilitando assim a identificação de emissoras com alguma sorte. Abaixo deixo uma pequena gravação de 89,1 feita hoje das 6:42 as 7:02 hora de Brasília, o audio tem pouco mais de 2 minutos porque foram cortados os espaços vazios entre os “pings”.

Clique play > para ouvir.

Transamérica Hits Belo Horizonte via Ms

Posted in Áudio, FM, Ms with tags , , , , , on 28/03/2009 by Gustavo Maia

Recebida via meteor scatter (reflexão meteórica) em 88,7 as 8:34 UTC do dia 21/03/09, a distância é de 670 Km. Clique no botão play para ouvir a gravação.